Facebook anuncia novidades para anunciantes

Logo após completar a marca de cinco milhões de anunciantes, o Facebook anunciou no último dia 10 o lançamento de uma série de recursos voltados os pequenos e médios negócios que promovem seus produtos e serviços por meio da plataforma.

Com objetivo de atingir 65 milhões de negócios no Facebook e oito milhões no Instagram, as novidades incluem um site com dicas para fazer anúncios melhores, uma a ferramenta de análise, cursos e outros recursos.

Segundo o anúncio feito pela companhia, o Mobile Studio, lançado no Brasil e na América Latina, amplia as possibilidades da criatividade, possibilitando à “todos os negócios a habilidade de entregar anúncios incríveis para pessoas em todo o mundo”, principalmente em dispositivos móveis.

Já no aplicativo Ads Manager é possível analisar e obter insights sobre a campanha, otimizando o tempo dos anunciantes, já que é possível ver como está o desempenho dos anúncios e comprar entre as semanas. É possível também escolher cinco anúncios e comprar os resultados colocando-os lado a lado no próprio aplicativo.

De acordo ainda com o texto do anúncio será possível “receber notificações com interesses relevantes para adicionar no target ou solicitar a melhora de performance com um clique para incluir interesses similares considerando o critério de target. Vamos mandar notificações sobre anúncios que foram bem, e a possibilidade de duplicá-lo após a campanha acabar.”

Mais uma novidada é a plataforma de e-learning, chamado de Blueprint, onde estão cursos que ensinam melhores práticas para anunciar por meio dos outros aplicativos. Essa plataforma está disponível em 10 línguas e já possui um milhão de usuários, sendo que 2,5 milhões de cursos já foram feitos em mais de 150 países, no qual 50% são pequenos negócios.

A caixa de mensagens única anunciada no final de 2016, antes disponível apenas na versão móbile, agora foi expandida para o desktop.

ATENÇÃO AO PINTREST

O Pinterest está crescendo e se renovando a cada dia. Além de passar
os mais de 150 milhões de usuários em um único mês, com mais de 50%
destes fora dos Estados Unidos e a principal procura são ideias e não
marcas. Ideias de decoração, inovação de receitas, roupas e muito
mais.

Agora, o Pinterest está testando anúncios de Search com alguns
parceiros, e pretende lançar este novo formato para o mundo inteiro.
Segundo Jon Kaplan, head global de parcerias do Pinterest , o aplicativo
tem quase 2 bilhões de buscas mensais, e este novo formato de anúncios
serão vendidos por leilão digital por CPC, assim como no Google.  Com
um grande diferencial de que os anúncios serão baseados em imagens.

97% das pesquisas realizadas no Pinterest não mencionam nenhuma marca,
afirma Kaplan.  As pessoas procuram por “roupas”, ou “acessórios” sem
marcas especificas. Com este comportamento dos usuários, as marcas
podem ter uma boa oportunidade, e explorar o “visual search” e o
Pinterest dominar o mercado.

Collection

Os dispositivos móveis mudaram a forma como as pessoas descobrem,
conhecem e, por fim, adquirem produtos de uma marca. Atualmente no
Brasil, um terço dos consumidores fazem compras pelo mobile. Porém, o
Facebook identificou um problema: a demora no carregamento de vídeos ou
até mesmo da página, levando a desistência da compra.

Então, para garantir que uma experiência e rápida ao consumidor, a
plataforma lançou um novo formato de anúncio: o “Collection”. Esse
novo formato de anúncio no Facebook vem acompanhado de um vídeo ou uma
imagem principal, e outras imagens relevantes do produto. Ao clicar no
anúncio, ele te leva a ver outros produtos, carregado, facilmente, no
próprio ambiente do Facebook.

Facebook estuda pagar pra quem gerar conteúdo na rede

O Facebook anunciou sua fase de testes a um formato de anúncio chamado “Ad Break”. Ele permite que quem produz conteúdo autorize a exibição de anúncios durante seus vídeos. Quando isso acontecer e o gerador de conteúdo ativar essa função ele, automaticamente, dividirá a receita com o Facebook. Há boatos que essa divisão seja igual a que já acontece no Youtube: 45% para a rede social e 55% para o gerador de conteúdo.

Segundo a empresa, os testes ainda estão acontecendo nos EUA e em alguns outros países. Caso sejam positivos, essa será mais uma forma de renda para quem dedica seu tempo a produção de conteúdo.

O Facebook estuda, também, a monetização em “Lives” que, segundo eles, após 4 minutos da live a página já pode fazer o seu primeiro “Ad Break”. Os anúncios devem durar 15 de a 20 segundos e não serão puláveis. Requisito para rodar a publicidade? Ter mais de 2.000 seguidores e atingir 300 ou mais espectadores simultâneos em uma Live.

Como fazer marketing nas mídias sociais?

É difícil conhecer uma empresa que ainda não tenha marcado presença nas redes sociais. Pois, inevitavelmente, é onde o consumidor busca informações sobre elas. Porém, para que esse processo de busca seja benéfico aos seus negócios é preciso que seu cliente encontre um trabalho bem feito quando o procurar. Afinal, querendo ou não, a imagem que sua empresa passa nas redes pode determinar a sua credibilidade.

O marketing nas redes sociais tem sido um dos segmentos que mais cresce em todo o mundo. Além de tendência, ele se tornou um caminho sem volta e é preciso estar bem orientado para não se perder nesse trajeto.

As redes sociais funcionam hoje, principalmente, com o objetivo de criar um laço de relacionamento com seu cliente. Elas têm sido, há alguns anos, o canal ideal para criação desses pontos de contato.

A divulgação em mídias sociais obedece a uma mecânica própria, mais sutil e estruturada do que a verificada em links patrocinados e SEO, por exemplo. Usamos as redes sociais como ferramenta de promoção de uma marca, divulgação de produtos ou serviços e, também de ações que aproximem o cliente da empresa.

Nas campanhas de marketing em redes sociais, os profissionais de marketing digital fazem uso das ferramentas oferecidas pelas redes como Facebook, Instagram, Twitter, Google+ e outras, dependendo do caso e segmento de atuação da empresa.

E vale a pena investir?

Sim! O marketing nas redes sociais traz retorno e a grande vantagem dessa opção de marketing é chance de aproximação do público-alvo, de maneira mais pessoal, dirigida e segmentada. Através dela podemos nos aproximar de forma mais efetiva do consumidor e conhecer suas necessidades e anseios.

Mas atenção: essa é uma estratégia de médio a longo prazo. Os resultados começam a aparecer de verdade depois de algum tempo de trabalho, afinal, relacionamentos não são criados da noite para o dia.

 

Quer melhorar o posicionamento da sua empresa nas redes sociais?

Conte com a Digideias para isso.

Marketing B2B: aproveite as mídias sociais para crescer nomercado

Se você ainda tem dúvidas que as redes sociais poder ser benéficas para uma comunicação de empresa para empresa, saiba que é possível, e recomendado, trabalhar esse tipo de marketing nas redes sociais. Desde que, é claro, você use os meios e as plataformas certas para isso.

De qualquer forma, trabalhar estratégias de mídias sociais no mercado B2B é ainda um grande desafio. Porém, uma pesquisa realizada pelo Social Media Marketing IndustryReport, descobriu que entre as plataformas com melhores resultados emMarketing B2B estão:

  • 52% no Facebook;
  • 21% no Linkedin;
  • 13% no Twitter;
  • 4% no Youtube;
  • 4% no Google Plus;
  • 3% no Pinterest;
  • 2% no Instagram;

Porém, quando se fala em expansão de negócios, a maioria das empresas considera o Linkedin como um canal mais formal, e ideal, para aplicar marketing B2B nas mídias sociais.

Para fazer uma boa conexão com outra empresa, até o tipo de linguagem precisa ser pensado. Além disso, é necessário encontrar uma forma inteligente de fazer o posicionamento de sua marca em cada mídia que resolver atuar. Por isso, não custa nada seguir algumas dicas:

1 – Seja direto e assertivo!

Lembre-se: Nenhuma empresa vai investir tempo em textos enormes. Por isso, crie anúncios, campanhas e posts sociais com textos curtos, imagens chamativas, com layout personalizado e que levem a marca de sua empresa.

2 – Segmente seu público

A segmentação é um dos métodos mais eficientes para atingir seu público alvo tanto no marketing B2C como no B2B. Se você decidir anunciar, crie campanhas segmentadas e que tenham foco em empresas naquele segmento.

3 – Saiba do que está falando

A empresaprecisa se posicionar como autoridade em seu segmento. Valorize e procure sempre divulgar feedback de clientes, cases e dados que comprovem que é uma referência no tipo de serviço que presta.

4 – Use o conteúdo a seu favor

É o tipo de conteúdo que uma marca posta que vai dizer muito sobre sua essência, sobre o seu posicionamento, sobre os seus valores e até mesmo sobre o seu propósito profissional. Acerte aqui!

5 – Definaobjetivos

Definir um objetivo e o planejamento é fundamental para alcançar bons resultados.
Se o objetivo é captar novos clientes, foque toda sua expertise para conversão!
B2B nas mídias sociais é o futuro, então é necessário que sua marca já esteja pronta para atender essa nova demanda de mercado.

Chamadas de vídeo para Whatsapp estão sendo testadas

Finalmente as chamadas de vídeo do WhatsApp estão sendo testadas e dessa vez é verdade.

Estão sendo testadas as funcionalidades em dispositivos Windows Phone, por enquanto só está disponível para o WhatsApp Beta na plataforma da Microsoft. Mas calma, existe a possibilidade de seja liberado para Android e iOS.

Para utilizar esse novo recurso é preciso pressionar o botão “chamada” e escolher o tipo de chamada, que no caso é “chamada de vídeo”.

Alguns relatos de usuários que já testaram a chamada de vídeo do WhatsApp confirmam que e possível selecionar a chamada e alterar entre a câmera frontal e a traseira. É tem mais uma coisinha, existe também um botão especifico para as videochamadas na área de contato.

Estamos ansiosos para essa novidade chegar por completo.

Maiores redes sociais

Uma pesquisa feita pela We Are Social realizada no final de 2015, o Brasil tem uma média de 45% da população ativa nas redes sociais.

De Janeiro pra cá houve um aumento de 13% da população conectada por mobile, cerca de 91% da população adulta do Brasil tem um aparelho celular, é esse número só vai crescer com o decorrer do tempo, conforme o tempo for passando isso será cada vez mais natural.

Desta forma é importante saber quais são as redes sociais mais acessadas do mundo para aplicar de maneira certa na sua empresa, no seu pequeno negocio ou somente para ficar por dentro do que acontece. Então, vamos lá.

Facebook

size_810_16_9_silhueta-facebook

A rede social mais popular do mundo. Uma rede social que tem 103 milhões de usuários ativos, sendo 54% do público feminino.

Whatsapp

20160719114600_96019477

Vem se tornando, cada vez mais, um dos aplicativos mais queridos dos usuários. Ele já é muito usado como ferramenta de trabalho para diversos segmentos. Quase 30% da população já utiliza esse aplicativo por dia.

Instagram

como-vender-no-instagram

Um jeito fácil de compartilhar fotos e vídeos o instagram já tem mais de 300 milhões de usuários ativos.

Google+

google

Lançada em 2011, google+ tem 6% dos usuários brasileiros hoje em dia. Apesar de parecer pouco, essa rede social tem uma posição de pesquisa privilegiada, por causa da quantidade de contas que são criadas automaticamente para e-mails.