Novidade: WhatsApp irá exibir anúncios no Status

Chris Daniels, vice-presidente do WhatsApp, confirmou na última quarta-feira, 31, que o serviço de mensagens passará a exibir anúncios ao lado do já popular recurso Status.

Utilizado também nas demais plataformas pertencentes ao Facebook, como a versão Stories do Instagram, o Status exibe durante 24 horas, para todos os contatos, uma combinação de texto, fotos e vídeos.

Implementado no WhatsApp no início de 2017, o recurso conta hoje com cerca de 450 milhões de usuários ativos diariamente, se tornando, portanto, uma boa ferramenta para empresários e para a publicidade.

A mudança pode ser uma estratégia do Facebook de monetizar o serviço, já que os usuários não pagam para usar o aplicativo, e de variar suas fontes de renda através do próprio WhatsApp e das demais ferramentas como Messenger e Instagram.

De acordo com os últimos relatórios da rede social, a tendência é que a base de usuários do Facebook sofra estagnação e até mesmo queda em determinadas regiões, resultando nessa busca por alternativas de faturamento nas demais plataformas da corporação.

 

Como proteger a sua conta do WhatsApp para não ser invadida

Cada vez mais os usuários na internet sofrem por ter as suas contas invadidas. No caso do WhatsApp, alguns descuidos na hora de usar o aplicativo pode facilitar a invasão.

Durante a campanha presidencial desse ano, muitas pessoas entre elas jornalistas e políticos, tiveram as suas contas hackeadas, fazendo com que a Polícia Federal iniciasse uma investigação para descobrir os autores da ação.

Mas muitas pessoas ainda se perguntam: É possível invadir uma conta de WhatsApp? Sim, é possível! Por isso separamos algumas dicas do Hacker e Especialista da Informação Igor Rincon, para evitar que isso aconteça. Ele também explica como os invasores agem:

Troca de número do WhatsApp: Nesse caso é enviado via SMS um código que aparece na tela do celular como uma notificação. Caso o invasor tenha acesso físico ao celular da vítima, ele pode pegar a sequência numérica e entrar na conta.

WhatsApp Web: Se uma pessoa tiver acesso ao celular desbloqueado, ela consegue habilitar o WhatsApp Web em outro computador e, com isso, abrir as conversas e os históricos sem alertar o dono da conta.

Programa Malicioso: A pessoa pode instalar um programa no aparelho. Se for o caso de um malware, é possível acessar as fotos do celular e outras informações privadas que estão salvas fora do WhatsApp.

Existem também golpes sofisticados que podem roubar registros do WhatsApp e até clonar o chip da vítima.

Como se proteger

O WhatsApp oferece um recurso de segurança com verificação que pode ser habilitado em duas etapas. Toda vez que o aplicativo for ativado em outro celular, ele vai pedir um código de seis dígitos.

Também é possível mudar as configurações para não exibir notificações do app na tela do celular.

Não clique em promoções enviadas pelo aplicativo e instale um antivírus.

Fonte: Portal R7

iPhone XR já chegou nos EUA com o valor mais barato da linha atual

A Apple já começou a vender o novo iPhone XR nos Estados Unidos e também na China. Da atual linha da empresa, essa é a versão mais barata com o preço de U$$ 749.

Esse novo modelo de iPhone foi apresentado em setembro do ano passado e ainda não há informações sobre quando o XR chegará no Brasil, mas a Apple já adiantou que por aqui ele vai ser vendido a partir de R$ 5.199.

Sobre o XR

O aparelho é feito em alumínio aeroespacial, tem uma tela de 6,1 polegadas e está disponível nas cores branca, preta, amarela, vermelha, azul e coral. O XR tem o display LCD mais avançado da indústria, com um novo design de retroiluminação que possibilita ampliar a tela até a borda. A parte de trás em vidro permite recarregar sem fio. O aparelho conta ainda com Face ID Avançado e um sistema de câmera inovador.

Essa nova linha chega para substituir o iPhone 8, iPhone X e iPhone 8 Plus.

Os fãs da marca aguardam ansiosos pelo lançamento no Brasil!