BLOG

Tendências de Compras Dia dos Namorados 2021

Dia 12 de junho está chegando, dia em que as declarações e demonstrações de amor são feitas e presentes são dados. Como tudo que a pandemia do novo coronavírus mudou com a pandemia, o dia dos namorados não saiu ileso dessa nova realidade. Segundo pesquisa da Google de previsão para o comportamento do mercado nesta data comemorativa, 25,9% dos brasileiros vão comemorar a data de forma diferente do que gostariam, as limitações de protocolos de segurança tem influência direta, dificultando comemorar com viagens, jantares em restaurantes e outras experiências em que normalmente se tem um grande número de pessoas em
volta. Conforme a mesma pesquisa, apenas 9% pretendem presentear o(a) amado(a) com experiências de viagens, jantares ou massagens, a porcentagem é a mesma de quem pensa em presentear o amado com eletrodomésticos e eletroportáteis.

Moda e acessórios estão entre os favoritos para presentear, representando uma porcentagem de 37%, essa expectativa prevê movimentar cerca de R$ 564 milhões, um número 3,2% maior em relação ao ano passado. Mostrando uma oportunidade para lojas desse segmento, tradicional escolha de presente para o dia dos namorados.
Em questão do preço pretendido para investir no presente, conforme pesquisa da Shopee Brasil, que entrevistou 2300 brasileiros de 19 a 55 anos, é de R$240,00 ale dizer que esse valor é um pouco mais alto que o do dia das mães, que foi de R$210,00, porém 50% dos entrevistados disseram querer gastar até R$130,00.

A pesquisa também revela que bom atendimento, promoções e tempo de entrega são critérios importantes na hora da escolha para escolher o presente, fato que se comprova no dado que 61% consideram o preço acessível o elemento mais importante
na hora da escolha do presente.

A mesma pesquisa ainda aponta que 62% dos entrevistados fazem compras
online há mais de um ano, visto que a pandemia dificultava a realização de compras presencialmente. Em 2021 há mais flexibilidade do comércio físico e as lojas estão mais preparadas com estratégias de vendas para esse cenário, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o dia dos namorados de 2021 deve movimentar 2,5% a mais que no ano passado, representando um montante de cerca de R$ 1,65 bilhão no comércio brasileiro.

Com relação a antecedência para realizar a compra do presente, a maioria dos entrevistados – 31% – pretende realizar a compra com uma semana de antecedência, 30% prefere comprar com 3 semanas, 28% garantem o presente comprando-o com 15 dias de antecedência e apenas 10,5% compram com apenas 3 dias antes da comemoração. Visto isso, qual seria a melhor estratégia para sua loja conseguir vender mais nessa data comemorativa?

O primeiro ponto é preparar sua campanha com antecedência, conseguindo
atingir clientes que já são fiéis à sua loja e também novos clientes. Siga as tendências e os tópicos que estão em alta para sua campanha, oferecer frete grátis, prazo de entrega e garantir uma boa condição do produto na entrega podem fazer a diferença na hora da compra, segundo a 31ª edição da Webshoppers, o volume de pedidos com frete grátis no e-commerce cresceu 41% entre 2019 e 2020.
Como ainda estamos em contexto de pandemia, é esperado que a maior parte das vendas sejam feitas no meio online, os consumidores em relação ao ano passado já estão mais habituados a interagir e mexer com as plataformas, prepare sua equipe para quaisquer situações ou dificuldades, pensando em estratégias e ferramentas de venda online. Uma vez que a concorrência deve ser maior visto o crescimento de lojas online e e-commerce durante a pandemia.

Garanta sua presença em marketplaces, esses espaços onlines são excelentes vitrines de divulgação, que não tem limite físico, podendo ser visto de qualquer lugar do mundo. Fazer anúncios em grandes sites de venda é uma das melhores opções para atrais clientes para sua loja e aproveitar as datas comemorativas, por isso é fundamental marcar presença nesses canais online.

Você apagaria todos os posts do seu Feed do Instagram?

A grife carioca Reserva apagou todas seus posts da rede social instagram, esse ato faz parte da #RevoluçãoReserva. A marca publicou em seguida um vídeo no qual o cantor Junior Lima fala sobre a nova linha de camisetas:
“Ser é melhor do que ter, desfrutar é melhor do que comprar, dividir é melhor do que multiplicar. Se você assina embaixo, você também é Simples®️.”
A Reserva foi fundada em 2004 pelo Rony Meisler e Fernando Sigal, tendo
como sócio o apresentador Luciano Hulk desde 2011, que trouxe à marca um programa social em que a cada peça de roupa vendida é doado cinco pratos de comida à quem precisa.
A marca já passou por polêmicas em suas campanhas de marketing, sendo
acusada de machismo e racismo. Em 2014 as etiquetas das roupas vinham com a frase “Para entender melhor a simbologia de lavagem acesse:
usereserva.com.br/cuidadoscomaroupa. Ou dê para sua mãe, ela sabe como fazer isso bem” o fundador Rony Meisler defendeu a marca ao dizer que era uma “brincadeira inocente”.
Em 2015 realizou outra campanha polêmica. Foi usada frases como “Galinha é um animal, Georgia é um ser humano”, “Macaco é um animal, Fabricio é um ser humano”, entre outras que continuavam equiparando animais a humanos. Para o diretor da campanha, Felipe Morozini, o objetivo da campanha era “[…] impactar, provocar reflexão e conscientizar. Aqui valorizamos a irracionalidade, a inocência e a incapacidade de julgar. Animal é irracional, age por instinto, portanto não faz julgamentos” .
No ano seguinte a marca pendurou os manequins negros de cabeça para baixo quando a loja estava em liquidação, essa ação não agradou a muitos que viram esse ato como racismo.

A Reserva disse então que as cores da identidade visual da marca
são vermelho e preto e que em época de liquidação os manequins são colocados de cabeça para baixo.
Já em 2017 nos dias dos namorados, publicaram no instagram um vídeo usando o “Gemidão do Zap” junto a frase “Eu sei o que você quer no dia dos namorados” – áudio de gemido feminino com conotação sexual, geralmente enviado em vídeos com o áudio trocado pelo “Gemidão do Zap” – os seguidores encararam essa ação como machista. Após a repercussão negativa, a marca pediu desculpas publicamente e excluiu todos os materiais da campanha.
Agora em 2021, a grife apagou todos seus posts tendo um perfil “limpo” para sua nova campanha da linha Simples®️, criando um clima de suspense e de expectativa de inovação com a hashtag #RevoluçãoReserva.

E você, apagaria todos os posts do seu Feed?