Porque Investir em Marketing Digital?

Sua empresa ainda não tem uma boa presença digital? Você acha que não vale a pena? Lhe damos 6 motivos para contratar uma agencia que gerencie, de forma correta, sua presença online!

  1. Quem não é visto, não é lembrado! Todo mundo está online e sua empresa precisa ter uma presença constante na internet;
    2. Melhor que manter os clientes antigos, é conquistar novos. O marketing digital te ajuda a construir um público alvo;
    3. Aproveitar as oportunidades e comunicar-se na hora certa e de maneira certa!
    4. Estar a frente de sua concorrência é um dos melhores motivos;
    5. O investimento é muito baixo comparando a outras mídias;
    6. No mundo digital, tudo é mensurado. Os relatórios são feitos com precisão e em cima do comportamento dos usuários;

Convencido? Nós podemos te ajudar! Entre em contato e peça seu orçamento!

Descubra como alcançar pelo Facebook Ads usuários que já estiveram na sua loja

O comportamento offline dos consumidores estão sendo analisados pelos recursos online do Facebook para a segmentação em anúncios. O objetivo é tornar mais fácil o retageting – mirar novamente em um algo que já foi apontado – através do seu comportamento no mundo real.

Essa novidade permitirá alcançar pessoas que já estiveram em sua loja, se chama “Objetivo de visitas ao estabelecimento” e já está oficialmente disponível. A segmentação será feita baseada nos eventos offline, como por exemplo, compras, visitas à uma loja ou até mesmo ligações feitas para determinada empresa.

Anteriormente as empresas coletavam as informações de seus clientes e potencias cliente, enquanto o Facebook combinava essas informações com os perfis correspondentes. Agora a plataforma vai entender quais são os interesses do usuário e permitir a segmentação com base em outros fatores.

Essa é mais uma entre as opções de Ads e Targeting oferecidas pela rede. Sendo que os anúncios serão exibidos pelo Facebook e também pelo Instagram. A audiência pode ser customizada baseada nas visitas do usuário à um local nos últimos 30 dias. Mas para isso o consumidor precisará dar acesso às suas localidades através do GPS.

Qual a melhor forma de usar uma hashtag?

A hashtag é aquela palavra chave que é antecedida pela cerquilha (#) utilizada em sites de mídias sociais e aplicativos da atualidade, principalmente no Twitter. O objetivo é identificar mensagens sobre um assunto específico. Pode-se dizer também que as hashtags são termos associados a assuntos ou discussões que pretender indexar nas redes sociais.

No Instagram, Facebook e Twitter, quando uma publicação é feita com a hashtag, a mesma se transformar em um hiperlink que leva o usuário para um outra pagina com outras publicações relacionadas ao mesmo assunto, mesma palavra.

Apesar de parecer um pouco óbvio, esse recurso possui algumas dicas para obter melhores resultados, pois se forem utilizadas de forma correta e com critério, ajudam as pessoas a encontrarem as páginas com mais facilidade, criando maior engajamento.

Não use muitas palavras juntas  

Quando a hashtag tem é escrita com muitas palavras juntas acaba dificultando a leitura dos seus seguidores. Os espaços entre as palavras servem para dar um respiro na leitura, quando não existem, as palavras acabam se misturando, dessa forma o leitor demora mais tempo para entender o que foi escrito.  Caso realmente precise usar mais de uma palavra, inicia cada uma com a letra maiúscula.

Não uso uma hashtag para cada palavra na frase

Utilizar uma hashtag para para palavra de uma frase também pode prejudicar a leitura, pois dessa forma coloca pausas demais. Separe as palavras chaves do seu texto, colocando-as no final. Você pode colocá-la também no meio de uma frase.

Relacione as hashtags com seu post

Não exagere na quantidade. O recurso facilita as busca de outros usuários, por isso não devem ser utilizados para descrever ou destacar tudo o que aparece no texto ou na imagem. Então as hashtags devem ter relação com o post.

No Marketing Digital, uma vez que seus perfil nas redes sociais sejam públicos, usar a hashtag torna os posts visíveis para tosos que tem os mesmos interesses, dessa forma as publicações não ficam restritas apenas ao seus seguidores. Por isso, selecionar bem as palavras chaves pode aumentar o alcance das suas publicações nas redes.

Utilize-as também para ações específicas, como promoções e sorteios, assim pode gerar maior engajamento com os seguidores. Além disso, lembre-se de pesquisar quais são as hashtags adequadas para cada rede social, pois cada uma possui peculiaridades, como por exemplo a linguagem. No Twitter a ideia é mantê-las tão curtas já que cada publicação permite apenas 140 caracteres, já no Instagram, o espaço para o texto permite uma maior número.

Você conhece o Adobe Muse?

Tendência nos últimos anos nas áreas de Degign, o Web Design ganhou recentemente um aliado, o Adobe Muse. Com o avanço da internet em todo o mundo, é fundamental e quase obrigatório para qualquer profissional ou empresa possuir um site.

No entanto muitos designers, mesmo tentam interesse nessa área, acham muito complicado ter que aprender as diversas linguagens que incorporam esse meio, como o HTML, CSS, JAVA SCRIPT, entre outros.

A Adobe lançou o Adobe Muse, uma ferramenta voltada para a criação de sites sem código, repleto de recursos especiais para a criação de sites com visual profissional e completo.

Inicialmente em 2011 foi lançando para testes uma versão beta do software, que foi passando por diversas modificações e certamente aqueles usuários que já usam outras ferramentas da Adobe, como o Photoshop e Illustrator, não devem sentir muitas dificuldades com a nova ferramenta.

O Adobe Muse se concentra em quatro etapas: planejamento, Design, Pré-visualização e Publicação. Antes mesmo da publicação, é possível ver e ajustar todo o site e fazer todos os ajustes e testes possíveis. Uma das maiores vantagens é o fato da criação de sites responsivos, ou seja, a adaptação para os dispositivos móveis.

Facebook ganha um “Feed de Exploração”

A novidade para os 2 bilhões de usuários do Facebook se chama “Feed de exploração”. Essa nova função foi criada para ajudar os usuários a descobrirem, além da sua linha do tempo, novos conteúdos disponíveis na rede social.

Esse recurso, por enquanto, está disponível apenas para dispositivos móveis, mas logo deve chegar para a versão desktop.

Para utilizá-lo no Facebook, basta clicar no ícone de “três risquinhos”. Pelo iOS basta clicar no ícone que está no canto inferior direito. No Android, no canto superior direito. A inteção dessa nova função é mostrar as “Publicações mais relevantes para você, de todo o Facebook”.

Portanto será possível encontrar vídeos, fotos e outros materiais que estão fazendo sucesso na rede social.  Cada usuário terá uma ordem diferente e posts específicos no Feed de Exploração, já que a linha do tempo é construída a partir de um algoritmo, que mede o tipo de conteúdo daquela usuários, e também a de seus amigos.

O “Feed de Exploração” de acordo com o Facebook ainda está na fase de testes. “Ouvimos dos usuários que eles querem um jeito simples de explorar conteúdo com o qual ainda não estão conectados”, disse o porta-voz da empresa.

Aumente as visitas do seu blog

O blog é uma ótima estratégia de marketing digital para atrair um tráfego segmentado e gratuito para o site. Mas seu blog possuí poucos acessos? Para responder essa questão é melhor ter um ponto de referência, ou seja, você só vai saber se esse número é realmente baixo se fizer uma comparação entre o número de visitas do seu blog com o outros, principalmente com aqueles de qualidade.

Caso você confirme o baixo número de acessos, existem algumas formas para tentar reverter essa situação. As visitas que você do seu blog, serão resultado principalmente do bom trabalho. Mas como fazer isso? Separamos algumas dicas que podem te ajudar.

  • Conteúdo original

É essencial que o seu conteúdo seja de qualidade, principalmente no início, caso ao contrário ninguém vai se interessar em ler o seu texto. Não copie da internet de outros blogs e sites, pois dificilmente você ganhará alguma relevância. Passe a confiança do seu trabalho, para que as pessoas te enxerguem como um especialista no assunto. Escolha assuntos que agreguem valor para quem visita o seus site, dessa forma eles vão acabar compartilhando em suas redes sócias, o que consequentemente vai trazer mais acessos ao blog.

  • Ferramentas de busca

 Os mecanismos de busca, especialmente o Google, levam a maior parte visitantes para o seu blog, por isso seus textos precisam estar ajustados para essas ferramentas, como por exemplo otimizar a busca com palavras chaves de acordo com o público que você deseja atingir.

  • Torne seus leitores fieis

Um tipo muito importante de visitantes são aqueles que acessam o seu blog de forma direta, ou seja, o acesso não é decorrente de outros sites e sim da digitação do endereço no navegador ou através de um link nos “favoritos”.  O leitor pode se tornar fiel caso receba a sua atenção, por exemplo, responda seus comentários ou e-mails.

  • Invista no feed do RSS

O RSS (REALLY SIMPLE SYNDICATION) é uma forma prática para seus leitores de manterem informados, e é essencial para trazê-los de volta ao seu blog. Além de ajudar a fidelizar seu público criando uma alternativa de visitas diretas.

  • Redes Sociais

 Uma das principais formas de conseguir mais acesso ao seu blog é utilizar as redes sociais, como o Twitter e o Facebook. A primeira coisa que você deve fazer é criar contas nesses redes, consiga seguidores e depois divulgue seu blog e conteúdo que se relacionem com o seu público. O objetivo é despertar o interesse do visitante, por isso tente deixá-los curiosos. 

  • Não desista

 Quanto mais conteúdo você postar no seu blog, maior a chance de você conseguir mais acessos, pois haverá mais links nas ferramentas de buscas, redes sociais e agregadores de links. Com o tempo o número de visitas deve crescer.

 

Instagram cria ferramenta para identificar “publipost”

O Instagram anunciou nessa semana mais uma ferramenta que tornará mais fácil classificar postagens como promoções pagas. Esse novo recurso é um avanço à transparência em uma área que tem chamado bastante a atenção das autoridades no Estados Unidos.

A prática de recomendar produtos no aplicativo se tornou muito comum e também é conhecida como “publipost”. As celebridades e outras pessoas com muitos seguidores nessa rede social fecham acordos para falar bem de roupas, alimentos e outros itens.

Esses influenciadores, de acordo com a Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC), são obrigados nas regras da publicidade verdadeira informar aos seus seguidores que estão sendo pagos. O Instagram vai permitir que as pessoas publiquem as imagens com um rótulo de “parceria paga com”. Anteriormente os usuários já podiam adicionar essas divulgações abaixo de uma imagem.

De acordo com a empresa, é importante garantir que as pessoas reconheçam facilmente quando alguém está sendo pago para publicar um conteúdo. Essa “etiqueta” seria voluntaria, no entanto foi criada devido a solicitação de alguns usuários.

Sorteios e Concursos Culturais são proibidos nas redes sociais

 

É muito comum nas páginas de Facebook e até mesmo no Instagram concursos culturais e sorteios, no entanto algumas regras da Portaria 422 de 2013, os proíbe.  Essas regras já valiam há algum tempo, mas foram acrescentados alguns pontos, enquanto outros foram esclarecidos, principalmente aqueles referentes ao Ministério da Fazenda, que atua através da Caixa Econômica Federal.

Esse assunto gera muitas dúvidas, então vamos tentar esclarecer as coisas.

Sorteios

Qualquer tipo de promoção – nas redes sociais ou fora delas – que envolva a sorte, como por exemplo, os sorteios, precisam ter um registro na Caixa Econômica Federal. Esse registro leva 45 dias para ser efetivado. Nesse sentido, não é possível organizar um sorteio de uma hora para a outra. O custo desse processo deve ser pago para a Caixa, e varia de acordo com o valor total dos prêmios.

 

Valor dos prêmios oferecidos Valor da Taxa de Fiscalização
Até R$1.000,00 R$ 27,00
De R$1.000,01 a R$5.000,00 R$ 133,00
De R$5.000,01 a R$10.000,00 R$ 267,00
De R$10.000,01 a R$50.000,00 R$ 1.333,00
De R$50.000,01 a R$100.000,00 R$3.333,00
De R$100.000,01 a R$500.000,00 R$10.667,00
De R$500.000,01 a R$1.667.000,00 R$33.333,00
Acima de R$ 1.667.000,01 R$66.667,00

A empresa que deve enviar o pedido de emissão desse boleto de pagamento da Taxa de Fiscalização para a CN Promoções Comerciais, por e-mail para cepco@caixa.gov.br ou por faz para 61 – 3448-1402/1403.

A Caixa enviará para sua caixa postal o boleto. Após o pagamento, deve-se encaminhar o requerimento, a documentação exigida (veja quais são, clicando aqui)  e o comprovante de pagamento para a CN Promoções, no endereço:

CN Promoções Comerciais

Setor de Edifícios Públicos Norte – SEPN 512, Conjunto C, Térreo

Centro Empresarial José Alencar Gomes da Silva

CEP 70.760-500 – Brasília/DF

Concursos Culturais

No caso dos concursos culturais, artísticos e desportivos, não é necessário o registro, mas as promoções precisam seguir algumas regras para não ser descaracterizada. Para que isso não aconteça alguns pontos são fundamentais:

  • A empresa não pode exigir que seu nome esteja na chama, mecânica ou no nome da promoção. Só podendo aparecer como promotora do concurso nos matérias de divulgação.
  • As marcas também não podem premiar o vencedor com produtos ou serviços da própria empresa, muito menos pagar, mesmo que indiretamente par alguém participar.
  • Não pode exigir que o participante preencha dados detalhados em um cadastro, como nome, e-mail, telefone, CPF, etc, ou exigir que o participante aceite receber material publicitário da empresa.
  • Datas comemorativas não podem estar vinculadas, portanto não pode batizar os concursos culturais com o nome por exemplo de Natal, Dia dos Namorados e outros.
  • O concurso não pode ser feito dentro das redes sociais, apenas divulgado por esses canais.

Mas o que acontece com quem descumpre essas regras? A empresa recebe uma multa no valor total da premiação, e pode ser obrigada a fiar até dois anos sem realizar qualquer tipo de promoção.

Portanto a solução é investir em estratégias de relacionamento reais com os consumidores da marca. Além de planejar muito bem, e montar concursos culturais que não tenham como objetivo mostrar a marca e sim, descobrir o que o consumidor que.  As redes sócias podem ser utilizadas para fazer a divulgação das ações, mas não pode realizá-las.

Torne alguém Administrador da sua página no Facebook

Torne alguém Administrador da sua página no Facebook

Para atribuir uma função para alguém na sua página do Facebook, é um procedimento bem rápido e simples. Você precisa ser administrador da sua página e basta seguir os passo a seguir!

Passo 1: Clique em Configurações na parte superior da Página.

Passo 2: Clique em Funções administrativas na coluna à esquerda.

Passo 3: Digite um nome ou um email na caixa:

  • Se a pessoa for sua amiga no Facebook, comece a digitar o nome e selecione-o na lista que aparecer.
  • Se a pessoa não for sua amiga no Facebook, digite o endereço de email associado com a conta dela do Facebook.

Passo 4: Clique em Editor  para selecionar uma função no menu suspenso.

Passo 5: Clique em Salvar e insira a senha para confirmar.

Instagram permite publicação de fotos sem aplicativo

O Instagram permite agora que seus usuários publiquem fotos na rede social sem utilizar o aplicativo instalado no celular. Uma atualização no site mobile, adicionou o recurso de criar post, além de um versão da guia “Explorar”. Essa função é ideal para quem faz poucas publicações na plataforma e não deseja ter o aplicativo, sendo por falta de espaço ou lentidão.

A novidade não foi anunciada, no entanto a rede social confirma que está implementando mudanças, já que o os usuários só podiam navegar e visualizar fotos, vídeos, seguir, pesquisar e ver as notificações na web.

Mesmo com a possibilidade de postar fotos no site móvel, ainda há recursos ausentes na versão web, como por exemplo, fazer uploads de vídeos ou mesmo aplicar filtros nas fotos. Também não é possível publicar Stories e enviar mensagens privadas via Instagram Direct.

De acordo com a rede social, o Instagram, quando acessado de dispositivos móveis, é uma experiência Web otimizada para telefones celulares. Sendo que o foi projetado para ajudar as pessoas a terem uma experiência mais completa no Instagram, independentemente do dispositivo ou da rede em que estiverem.